Brasil

Ex-ministro vai processar homem que o agrediu em restaurante

O advogado José Roberto Batochio já está redigindo minuta de queixa-crime por injúria, calúnia e difamação

Clayton Neves Publicado em 09/07/2015, às 12h50

None
guido_mantega.jpg

O advogado José Roberto Batochio já está redigindo minuta de queixa-crime por injúria, calúnia e difamação

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega vai entrar com processo contra o empresário que o xingou há alguns dias, no restaurante Trio, na Vila Olímpia, em São Paulo, segundo a colunista Mônica Bergamo, do Jornal Folha de S. Paulo

O advogado José Roberto Batochio já está redigindo minuta de queixa-crime por injúria, calúnia e difamação contra o homem, que aparece em vídeo gritando “ladrão, ladrão, palhaço, sem-vergonha”, que seria diretor de uma empresa de empreendimentos imobiliários.

Em artigo recente, o ex-ministro defendeu o fim da intolerância: ‘Manifestações e protestos são partes integrantes do regime democrático. O Brasil, no entanto, parece caminhar em terreno perigoso. Há algo diferente no ar. Algo que ameaça essa pluralidade. Trata-se do fantasma do autoritarismo, raiz de golpes, que, infelizmente, se manifesta de forma corriqueira, sempre pronto a agir no dia a dia das pessoas”.

Esta não foi a primeira vez que Mantega é alvo de ataques fascistas. Nos dois episódios anteriores em que foi agredido em público – no hospital Albert Einstein e em outro restaurante -, ele não conseguiu localizar os autores das ofensas.

Jornal Midiamax