Brasil

Daniela Mercury beija esposa no Congresso; Wyllys comemora

Foto foi tirada durante abertura de seminário LGBT na Câmara dos Deputados

Clayton Neves Publicado em 20/05/2015, às 19h23

None
cfdu_0aveaalift.jpg

Foto foi tirada durante abertura de seminário LGBT na Câmara dos Deputados

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (20) a abertura do 12º Seminário LGBT do Congresso Nacional, em que políticos e membros da sociedade civil discutirão como minorias historicamente discriminadas são alvo constantes de demonstrações de ódio. E para ilustrar o início do evento, o deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ), um dos organizadores, compartilhou em suas redes sociais uma imagem bastante representativa: a cantora e convidada Daniela Mercury beijando a esposa, a jornalista Malu Verçosa, na mesa de palestrantes.

“Nosso compromisso é confrontar o ódio com o sentimento da empatia. Esse é o objetivo desse seminário. Nós queremos construir as pontes e dizer a essas pessoas que não queremos alimentar o ódio, mas apenas fazer parte da comunidade de direitos nas nossas diferenças. Queremos responder a tudo isso com alegria, com afeto, com empatia”, escreveu ele como legenda da foto no Facebook.

“Por isso escolhemos a Daniela Mercury para ser a convidada especial deste seminário. Sua trajetória é a afirmação da empatia pelo meio da arte. Como diz ela própria em uma das suas canções: ‘alegria agora, agora e depois de amanhã’. Só com alegria e empatia nós poderemos responder a cultura de ódio que hoje está encarnada no presidente desta Casa”, completou o deputado, reproduzindo o mesmo discurso que fez durante o evento.

Em poucas horas, a publicação recebeu mais de 8 mil “curtidas”, 900 compartilhamentos e diversos comentários com agradecimentos e elogios. No Twitter, Wyllys transcreveu também parte da fala da deputada federal e coordenadora da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Humanos e Minorias Erika Kokay (PT-DF), que na ocasião declarou que “aqueles que se assustam com o beijo, se acostumam com a violência”.

Ainda participaram da mesa o presidente da Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados, deputado Fábio Ramalho (PV-MG); os representantes da sociedade civil Rogério Koscheck e Weykman Koscheck; e o coordenador-residente do Sistema Nações Unidas no Brasil, Jorge Chediek.

O 12º Seminário LGBT do Congresso Nacional acontece entre quarta e quinta-feira (21) no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

Jornal Midiamax