Brasil

Aos colegas, Cunha admite que controla contas na Suíça

O político insistirá que não mentiu à CPI da Petrobras, em março, ao declarar não possuir contas no exterior

Midiamax Publicado em 05/11/2015, às 11h12

None
58ow82q4dz_6518o9ny1q_file.jpeg

O político insistirá que não mentiu à CPI da Petrobras, em março, ao declarar não possuir contas no exterior

O presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) relatou a colegas alguns pormenores de sua defesa contra as denúncias de que mantém contas irregulares na Suíça. De acordo com a Folha de S. Paulo, um dos pontos será o reconhecimento de realmente controla essas contas. 

A reportagem do jornal ouviu relatos de deputados que conversaram com Cunha. Eles disseram que o político insistirá que não mentiu à CPI da Petrobras, em março, ao declarar não possuir contas no exterior. Isso porque, ao ser questionado se era titular de contas, disse que não e de fato não o é, já que todas foram registradas por empresas abertas fora do Brasil. Alguns dos aliados de Cunha apontam fragilidades nesse argumento. 

Além disso, Cunha deve testemunhar que o dinheiro movimentado vem de negócios legítimos feitos nos anos 80 e 90 – algo que, de acordo com o peemedebista, pode ser provado com documentos.

Jornal Midiamax