Le Blog Maria Antonia

“Sinto-me tão sortudo”: Olivier Rousteing, gravemente queimado, relata seu trágico acidente doméstico

Le Blog Maria Antonia Publicado em 13/10/2021, às 11h57

None
Foto: Reprodução

Olivier Rousteing, diretor criativo da Balmain, revelou neste sábado (9) que sofreu um grave acidente doméstico um ano atrás. Em foto publicada nas redes sociais, ele aparece com parte do corpo enfaixado em seu processo de recuperação após uma série de queimaduras provocadas pela explosão da lareira de casa.

Na legenda, o francês fez um longo desabafo sobre os motivos que o levaram a esconder o que aconteceu. “Finalmente me sinto pronto para compartilhar isso. Eu tenho escondido isso por muito tempo e é hora de vocês saberem. Há exatamente um ano, a lareira dentro da minha casa explodiu. Acordei na manhã seguinte no Hôpital Saint Louis de Paris. A equipe talentosa daquele famoso hospital, que estava lidando com um número incrível de casos de Covid na mesma época, cuidou de mim de forma incrível. Eu não consigo agradecê-los o suficiente”, escreveu.

“Fiz de tudo para esconder essa história do maior número de pessoas possível e tentei manter segredo com minhas equipes e amigos por muito tempo. Para ser sincero, não sei bem por que estava tão envergonhado, talvez essa obsessão pela perfeição pela qual a moda é conhecida e minhas próprias inseguranças. À medida que me recuperava, só trabalhava dia e noite para esquecer e criar todas as minhas coleções, tentando manter o mundo sonhando com minhas criações e, ao mesmo tempo, escondendo as cicatrizes com máscaras faciais, gola alta, mangas compridas e até vários anéis em todos os meus dedos. E eu realmente percebi que o poder da mídia social é revelar apenas o que você quer mostrar", continuou Olivier.

Foto: Reprodução 


Para finalizar, o designer agradeceu. “Agora, um ano depois - curado, feliz e saudável. Percebo o quão abençoado sou verdadeiramente e agradeço a DEUS todos os dias da minha vida. Meu último show foi sobre a celebração da cura da dor e agradeço a todas as modelos, as produções, minha equipe, minha família Balmain e meus amigos que vieram e apoiaram não apenas meus 10 anos de Balmain, mas também meu renascimento. Hoje, sinto-me tão livre, muito bem e muito sortudo. Estou começando um novo capítulo com um sorriso no rosto e um coração cheio de gratidão. Aos médicos e enfermeiras de Saint Louis, e a todos aqueles que me ajudaram durante esta longa recuperação e guardaram meu segredo: um profundo agradecimento. Eu amo vocês”.

Jornal Midiamax