Le Blog Maria Antonia

Mais de 1.400 golfinhos são mortos em um dia de caça nas Ilhas Faroe

None
Fotos : Divulgação/Sea Shepherd

Governo local defendeu a morte dos animais em um único dia durante uma caça tradicional, apesar do mal-estar provocado. Fotos em que mais de mil cetáceos aparecem ensanguentados na praia geraram muitas críticas.

Para os defensores da prática, a caça aos mamíferos marinhos é uma forma sustentável de coletar alimentos da natureza e uma parte importante de sua identidade cultural. Ativistas pelos direitos dos animais, por outro lado, consideram o massacre cruel e desnecessário.

Fotos : Divulgação/Sea Shepherd

Jornal Midiamax