Le Blog Maria Antonia

Cobras voadoras são identificadas por cientistas no sul e sudeste da Ásia.

Os animais são filmados com câmeras de alta velocidade, enquanto voavam por até 24 metros A chamada “chrysopelea paradisi” tem um veneno fraco e é inofensiva aos seres humanos Os pesquisadores da Virginia Tech (Instituto Politécnico e Universidade Estadual da Virgínia), nos Estados Unidos, identificaram que as chamadas cobras voadoras são capazes de ondular seus […]

Maria Antonia Naegele Publicado em 04/08/2020, às 14h00

None

Os animais são filmados com câmeras de alta velocidade, enquanto voavam por até 24 metros

A chamada “chrysopelea paradisi” tem um veneno fraco e é inofensiva aos seres humanos

Os pesquisadores da Virginia Tech (Instituto Politécnico e Universidade Estadual da Virgínia), nos Estados Unidos, identificaram que as chamadas cobras voadoras são capazes de ondular seus corpos enquanto deslizam pelo ar. Esse movimento possibilita que elas voem de uma árvore para outra.

A pesquisa mostra ainda que as Chrysopelea paradisi, também conhecidas como “as cobras das árvores do paraíso”, vivem nas árvores do sul e do sudeste da Ásia.
Segundo o site Science News, os pesquisadores da Virginia Tech colocaram etiquetas de captura de movimento em sete cobras. Os animais são filmados com câmeras de alta velocidade, enquanto voavam por até 24 metros.
Para estudar o animal, pesquisadores construíram um modelo 3D. Com o equipamento, os cientistas observaram que o mesmo movimento ondulante que fazem para deslizar no chão ajudam as cobras a planar durante o salto entre árvores.

Cobras voadoras são identificadas por cientistas no sul e sudeste da Ásia.
Foto : Reprodução

Aí 2020 passou do limite.

Cobras voadoras são identificadas por cientistas no sul e sudeste da Ásia.
Foto : Reprodução

Elas não voam, elas planam. Elas conseguem se achatar, dilatando seus corpos, e planar. É uma espécie específica, a Cobra do Paraíso. Mas os terraplanistas podem usá-la nas suas teorias.

Jornal Midiamax