Variedades / Saúde

Em evento com Cid Moreira, Pênfigo anuncia convênio com prefeituras do MS

Cirurgias eletivas das redes municipais poderão ser feitas no hospital

Joaquim Padilha Publicado em 03/08/2017, às 15h04

None

Cirurgias eletivas das redes municipais poderão ser feitas no hospital

O Hospital Adventista do Pênfigo realizou um evento, na manhã desta quinta-feira (3), para anunciar a criação de um programa de parcerias com as prefeituras dos municípios de Mato Grosso do Sul, para atender as demandas locais da saúde, principalmente em relação às cirurgias eletivas. O evento contou com a participação do jornalista convidado Cid Moreira.

Cid Moreira, que completa 90 anos em setembro, abriu a conferência falando da importância dos investimentos na área da saúde, que o levaram a atingir a longevidade. No evento estavam presentes ainda o secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares, e o prefeito de Novo Horizonte do Sul, Marcilio Álvaro (PDT).

O apresentador e locutor, famoso pela sua voz grave, aproveitou ainda para ler versículos da Bíblia para a audiência. Cid Moreira também irá palestrar nas comemorações de 30 anos da criação do Centro de Vida Saudável, no Hospital do Pênfigo, na próxima segunda-feira (7). 

Outro a discursar foi o idealizador do projeto, o assessor de administração e gestão hospitalar do Pênfigo, Dr. Marcelo Nieck. A proposta é que cada Prefeitura possa firmar contratos, convênios ou consórcios com o hospital filantrópico para desafogar as filas de cirurgias do SUS.

“Nosso trabalho é principalmente focado nas cirurgias eletivas, que são aquelas que são de pacientes que já foram diagnosticados e aguardam na fila do SUS”, explica Nieck. Segundo ele, o Pênfigo pode contribuir com até 40 leitos para as cirurgias.Em evento com Cid Moreira, Pênfigo anuncia convênio com prefeituras do MS

Nieck também explicou que será realizada uma reunião entre a gestão do Hospital, o governo do Estado e representantes das prefeituras para elaboração de um plano de trabalho, na próxima terça-feira (8).

O plano de trabalho contará com a previsão da quantidade de cirurgias que poderiam ser realizadas pelo hospital e os valores de convênios. “Nesses convênios, cada Prefeitura entrará com uma contrapartida, assim como o Estado”. 

Estado

Em seguida foi a vez do secretário de Estado de Saúde, Nelson Tavares, falar. Ele agradeceu ao Hospital pela iniciativa de propor as parcerias. “Nós do governo do Estado temos dificuldade de sentar e conversas com as prefeituras. Vamos dar 100% de apoio para esse projeto”, afirmou o secretário. 

Segundo ele, a iniciativa deve auxiliar não só as prefeituras como o Estado, ao desafogar os leitos disponibilizados pelo governo às demandas municipais. O secretário também destacou a importância da parceria com as instituições privadas. “Esse enfrentamento de trazer as entidades filantrópicas, as organizações civis, ele tem de ser feito”, afirmou.  

Jornal Midiamax