Variedades

VÍDEO: Maior Superlua do século vai iluminar o céu nesta segunda

Fenômeno só volta a acontecer daqui 18 anos

Wendy Tonhati Publicado em 14/11/2016, às 10h46

None
bf0834a12b6ab6a3a913612e60809315.jpg

Fenômeno só volta a acontecer daqui 18 anos

A maior Superlua em 68 anos vai iluminar o céu na noite desta segunda-feira (14). O fenômeno acontece quando a Lua cheia está em seu ponto mais próximo ao nosso planeta. 

A Lua cheia desta segunda não é apenas a lua cheia mais próxima de 2016, mas também a lua cheia deste século. A última vez que o fenômeno ocorreu foi em 1948, ou seja, ainda no século 20. A Lua cheia não chegará tão perto da Terra novamente até 25 de novembro de 2034.

A Lua atinge o perigeu [ponto mais próximo da Terra] às 8h21 (horário de MS) e estará cheia às 11h54. Durante o entardecer, a Lua poderá ser vista em tamanho maior no mundo inteiro. Em Campo Grande, a meteorologia não garante que o fenômeno vai poder ser admirado em sua totalidade, pois pode ficar nublado durante a noite.

De acordo com a Nasa, a Superlua pode ser entre 14 e 30% maior e mais brilhante do que um apogeu lua cheia normal. No entanto, nem sempre é fácil dizer a diferença. Uma diferença de 30% no brilho da Lua pode ser facilmente mascarada por nuvens ou pelo brilho de luzes urbanas. 

Quando a Lua está baixa, pode criar o que é chamado de "ilusão lunar". Quando a Lua está perto do horizonte pode parecer anormalmente grande quando visto através de árvores, edifícios ou outros objetos em primeiro plano. O efeito é uma ilusão de ótica.

O ano de 2016 foi premiado com três Superluas consecutivas em três meses. A Nasa fez uma vídeo explicando como é o fenômeno-com legenda em português.

Na Austrália, a Superlua já iluminou o país. As imagens podem ser vistas no vídeo do The Daily Telegraph

Jornal Midiamax