Sem Categoria

Com 47 registros, Dourados lidera casos de Chikungunya em MS

Entre janeiro e dezembro de 2020, Dourados já notificou e confirmou 47 casos de Chikungunya. Com isso a cidade lidera o ranking de contaminações entre as demais cidades de Mato Grosso do Sul, ficando à frente de Campo Grande, com 13 registros da doença durante o mesmo período. Depois de Dourados e Campo Grande, aparece […]

Marcos Morandi Publicado em 04/12/2020, às 10h13

Agente fiscaliza foco de transmissão da doença. (Foto: A.Frota)
Agente fiscaliza foco de transmissão da doença. (Foto: A.Frota) - Agente fiscaliza foco de transmissão da doença. (Foto: A.Frota)

Entre janeiro e dezembro de 2020, Dourados já notificou e confirmou 47 casos de Chikungunya. Com isso a cidade lidera o ranking de contaminações entre as demais cidades de Mato Grosso do Sul, ficando à frente de Campo Grande, com 13 registros da doença durante o mesmo período.

Depois de Dourados e Campo Grande, aparece Corumbá com quatro casos e Anaurilândia com três. Bonito, Maracaju, Guia Lopes da Laguna, Laguna Carapã, Ivinhema, Amambai, Rochedo e Três Lagoa, registraram um caso cada.

Em todo o Mato Grosso do Sul, foram registrados até esta quinta-feira (3), data de divulgação do relatório, 198 casos prováveis, que na atualização da SES é definida como notificações e exames positivos.

Ainda segundo levantamento da SES, Dourados também notificou e confirmou 13 casos de Zika Vírus. No Estado, foram 81 ao todo. Não há até o momento nenhum relato de óbitos. Em relação à dengue, existem 2.230 notificações. Desse total, foram confirmadas 1.197.

Jornal Midiamax