Política / Transparência

Termo de colaboração entre prefeitura de Brasilândia com hospital poderá custar R$ 4 milhões

Prefeitura de Brasilândia aprovou o termo de colaboração com a Sociedade Beneficente Dr. Julio Cezar Paulino Maia, que deve custar R$ 4 milhões em 2021. O documento está no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) desta quinta-feira (11). O objetivo do contrato é a prestação de atendimento de assistência […]

Fábio Oruê Publicado em 11/02/2021, às 17h21 - Atualizado em 12/02/2021, às 15h04

Prefeitura de Brasilândia (Foto: Divulgação)
Prefeitura de Brasilândia (Foto: Divulgação) - Prefeitura de Brasilândia (Foto: Divulgação)

Prefeitura de Brasilândia aprovou o termo de colaboração com a Sociedade Beneficente Dr. Julio Cezar Paulino Maia, que deve custar R$ 4 milhões em 2021. O documento está no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) desta quinta-feira (11).

O objetivo do contrato é a prestação de atendimento de assistência à saúde. No documento, o Executivo Municipal fica autorizado a conceder auxílio-financeiro ou subvenções através de Termo de Colaboração em parceria com a associação.

O termo tem vigência a partir de deste mês. O extrato de aprovação foi assinado pelo prefeito Antônio de Pádua (MDB).

Jornal Midiamax