Política / Transparência

Por R$ 800 mil, Prefeitura de Campo Grande renova contrato que prevê negativação de inadimplentes

Segundo extrato, são estimadas 400 mil negativas, mas secretaria diz que medidas só serão efetivadas pós pandemia

Mayara Bueno Publicado em 19/05/2021, às 11h35

Prefeitura de Campo Grande; imagem ilustrativa
Prefeitura de Campo Grande; imagem ilustrativa - (Foto: Arquivo Midiamax)

Contrato de R$ 800 mil entre a Prefeitura de Campo Grande e a Associação Comercial prevê serviço de proteção ao crédito, para cadastro de inadimplentes no SCPC (Serviço Central de Proteção do Crédito). O extrato está no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (19).

São 400 mil negativações, de acordo com o documento. Contudo, segundo o secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, não há previsão de efetivação imediata - no que diz respeito aos impostos municipais.

"Não pretendemos negativar agora, só no pós pandemia e quando a economia voltar ao normal". Segundo o titular, o contrato divulgado nesta quarta-feira é renovação do que já existe com a Associação Comercial.

No extrato, cuja validade é de 12 meses, consta, sobre as 400 mil negativações, que 'a administração se reserva o direito de utilizar ou não a sua totalidade', por se tratarem de quantitativo estimado. 

Jornal Midiamax