Política / Transparência

Com pedido de vistas, votação sobre projeto de divulgação de lista de pacientes é adiada pela Câmara de Dourados

Vereadores aprovaram cinco projetos, entre eles um do Executivo, que autoriza o município a doar um imóvel a um sindicato

Marcos Morandi Publicado em 22/06/2021, às 07h11

Vereadores de Dourados, durante sessão remota nesta segunda-feira
Vereadores de Dourados, durante sessão remota nesta segunda-feira - Valdenir Rodrigues

Em sessão remota realizada na tarde desta segunda-feira (21), a Câmara Municipal de Dourados aprovou cinco dos seis projetos de lei presentes na pauta de votação. Um pedido de vistas apresentado pela vereadora Daniela Hall (PSD) adiou a apreciação do projeto de lei Nº 048/2021, de autoria da vereadora Lia Nogueira (PP).

A proposta dispõe sobre a obrigatoriedade da divulgação na internet da lista de espera dos pacientes que aguardam consultas (discriminadas por especialidade), exames e intervenções cirúrgicas e outros procedimentos nos estabelecimentos da rede pública de saúde de Dourados.

Em primeira discussão e votação, os vereadores votaram e aprovaram o projeto de lei Nº 064/2021, de autoria do Poder Executivo, que revoga dispositivos na Lei nº 2.687 de 01 julho de 2004 e autoriza o município a doar imóveis urbanos ao Sinsemd (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Dourados).

Ainda em primeira votação, os vereadores de Dourados aprovaram o projeto de lei Nº 059/2021, de autoria da vereadora Liandra da Saúde (PTB), que denomina rua Plinio Erivaldo Piovesan, o Corredor Público 4 no Loteamento Sitiocas Campo Belo I e II, e o projeto de lei nº 071/2021, de autoria do vereador Marcão da Sepriva (Solidariedade), que denomina rua Sidnei de Souza Santos, o Corredor Público no Jardim Coimasa, Vila Eldorado e Cabeceira Alegre.

Já em segunda discussão e votação, a Câmara de Dourados aprovou o projeto de decreto legislativo Nº 006/2021, de autoria do vereador Laudir Munaretto (MDB), que concede Diploma de Jubileu de Rubi à Gráfica Stilus Express, alusivo aos 40 anos de sua criação, e o projeto de decreto legislativo nº 007/2021, de autoria do vereador Marcelo Mourão (Podemos), que concede Diploma de Jubileu de Papoula à empresa Suco Prats, alusivo aos 08 anos de sua criação.

Jornal Midiamax