Política / Transparência

Publicada lei que mantém por 2 meses abono de R$ 200 para servidores

A lei que prorroga por mais 60 dias o abono de R$ 200 do funcionalismo público de Mato Grosso do Sul foi publicada na edição desta quinta-feira (2) do Diário Oficial do Estado. A regra tem efeitos financeiros a contar de 1º de abril de 2019 até 31 de maio. Criado em 2016, o benefício […]

Richelieu Pereira Publicado em 02/05/2019, às 08h06 - Atualizado às 12h57

Manifestações de servidores na Assembleia Legislativa após anúncio do fim do abono; benefício acabou sendo prorrogado até o fim das negociações salariais. (ALMS)
Manifestações de servidores na Assembleia Legislativa após anúncio do fim do abono; benefício acabou sendo prorrogado até o fim das negociações salariais. (ALMS) - Manifestações de servidores na Assembleia Legislativa após anúncio do fim do abono; benefício acabou sendo prorrogado até o fim das negociações salariais. (ALMS)

A lei que prorroga por mais 60 dias o abono de R$ 200 do funcionalismo público de Mato Grosso do Sul foi publicada na edição desta quinta-feira (2) do Diário Oficial do Estado. A regra tem efeitos financeiros a contar de 1º de abril de 2019 até 31 de maio.

Criado em 2016, o benefício tinha data de término prevista em lei e, com isso, já não entraria na folha de pagamento de abril. A pedido do funcionalismo, a comissão de deputados formada para fazer a interlocução com o Executivo pediu a manutenção do pagamento enquanto durarem as negociações salariais.

Com a prorrogação do abono, o Governo do Estado adiou para sexta-feira (3), com disponibilidade de saque para sábado (4), o pagamento dos salários dos servidores públicos estaduais. Antes, o Estado havia anunciado que depositaria os salários na quinta-feira.

O salário referente ao mês de abril será pago aos cerca de 75 mil servidores ativos, inativos e pensionistas do governo e, segundo a SAD (Secretaria de Estado de Administração), o pagamento irá injetar mais de R$ 450 milhões na economia de Mato Grosso do Sul.

Jornal Midiamax