Política / Transparência

Prefeitura contrata coleta de lixo emergencial por R$ 6,9 milhões

Empresa é contratada em Três Lagoas há mais de dez anos

Joaquim Padilha Publicado em 25/06/2018, às 09h33 - Atualizado às 10h41

None

Por mais de R$ 6,9 milhões, o prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSDB) renovou por mais uma vez a contratação da empresa Financial Construtora Industrial, que faz coleta de lixo no município.

A nova contratação da empresa foi publicada no Diário da Assomassul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) desta segunda-feira (25). Segundo a publicação, o contrato é emergencial.

A Financial Construtora é contratada pela Prefeitura de Três Lagoas há mais de dez anos para a coleta de lixo no município. A empresa integra o consórcio responsável pelos serviços de limpeza urbana em Campo Grande, o CG Solurb.

A última renovação da contratação emergencial foi em dezembro, quando a Prefeitura assinou contrato válido por 180 dias avaliado em mais de R$ 7,2 milhões. A nova renovação terá o mesmo prazo de vigência, equivalente a seis meses.

As contratações vem sendo feitas na forma emergencial por conta de determinação da Justiça para que seja feita nova licitação para coleta de lixo em Três Lagoas. Em maio, a juíza Aline Beatriz de Oliveira Lacerda determinou que seja suspensa a licitação, por imprecisão dos serviços licitados.

CPI da coleta de lixo

Em maio do ano passado, o MP-MS (Ministério Público Estadual) pediu que a Câmara de Três Lagoas investigasse os contratos emergenciais entre a Prefeitura e a Financial Construtora.

Na época, a empresa foi contratada emergencialmente por R$ 3,4 milhões para gerir a coleta de lixo por três meses. Entretanto, outros empresários teriam apresentado orçamento à Prefeitura de R$ 2,5 milhões, quase R$ 1 milhão a menos pelos mesmos serviços.

Após três meses de investigações por meio de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), os vereadores de Três Lagoas decidiram que a contratação emergencial foi legal, e decidiram arquivar o inquérito.

Jornal Midiamax