Política / Transparência

Em um ano, despesa com pessoal alcança os R$ 223 milhões no MPE-MS

Valor líquido das despesas ficaram dentro do limite prudencial

Joaquim Padilha Publicado em 26/01/2018, às 11h15

None

Valor líquido das despesas ficaram dentro do limite prudencial

O MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) divulgou nesta sexta-feira (26) o relatório de gestão fiscal das promotorias e do Fundo Especial de Apoio ao Desenvolvimento do órgão, referente ao terceiro quadrimestre de 2017 

Segundo o relatório, nos doze meses anteriores ao terceiro quadrimestre, o órgão teve uma despesa bruta de R$ 223,2 milhões com pessoal.

Do total, R$ 172,4 milhões foram gastos com pessoal ativo e outros R$ 50,8 milhões foram despesas com inativos e pensionistas. Ao mesmo tempo, a receita corrente líquida do órgão foi orçada em R$ 9,7 bilhões.Em um ano, despesa com pessoal alcança os R$ 223 milhões no MPE-MS

Conforme o relatório, o gasto com pessoal do MPE-MS ficou dentro do limite prudencial. A despesa líquida, tirando as não computadas, ficou em R$ 171,9 milhões, sendo que o limite era de R$ 185,1 milhões.

O valor do limite prudencial para gastos com pessoal do MPE-MS é definido como 1,90% da receita corrente líquida do período. Com os R$ 171,9 milhões líquidos, o órgão teria gasto 1,76% da receita.

Jornal Midiamax