Política / Transparência

Governo reajusta para R$ 17,8 milhões valor de obra iniciada há três anos

Obra de pavimentação recebeu aditivo de R$ 2,8 milhões

Joaquim Padilha Publicado em 20/01/2017, às 11h31

None
ms-274.jpg

Obra de pavimentação recebeu aditivo de R$ 2,8 milhões

A Agesul (Agência Estadual de gestão de Empreendimentos) reajustou para R$ 17,8 milhões o valor de um contrato destinado a pavimentação de 15,5 quilômetros de rodovia, no município de Angélica, distante 210 quilômetros de Campo Grande.

O contrato chegou a esse valor após receber um aditivo de R$ 2,8 milhões, emitido nesta sexta-feira (20) pela Agesul, e já empenhado. Os recursos do Estado são oriundos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul).

O trecho em questão fica na MS-274 e dá acesso para a Usina Adecoagro. O contrato foi assinado pela empresa MS Construtora de Obras em setembro de 2014, pelo valor inicial de R$ 14 milhões.

A previsão era de que a obra fosse encerrada após 180 dias da expedição de ordem de execução de serviços. Em outubro de 2015, um ano após início dos empreendimentos, o projeto recebeu uma prorrogação de mais um ano.

Em maio de 2016 a obra recebeu um termo aditivo de R$ 873 mil. No mesmo mês, a Agesul emitiu um reconhecimento de dívida de R$ 121 mil com a MS Construtora, referente a valores devidos a reajustes não realizados à época.

A última prorrogação do prazo da obra, por mais 240 dias, data de outubro de 2016. Com a prorrogação a previsão e´de que os trabalhos sejam concluídos entre maio e junho deste ano.

(sob supervisão de Ludyney Moura)

Jornal Midiamax