Política / Transparência

Vereador quer explicação para compras à noite de secretária com carro oficial

Janete Belini foi flagrada em hipermercado

Midiamax Publicado em 28/04/2015, às 12h34

None
img-20150424-wa0127.jpg

Janete Belini foi flagrada em hipermercado

O vereador Cazuza (PP) afirmou, na manhã desta terça-feira (28), que vai pedir explicações à Prefeitura sobre o uso de um carro oficial pela titular da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), Janete Belini, para fazer compras em um hipermercado da Capital. A secretária foi fotografada, no dia 13 de abril, durante o período noturno, colocando compras dentro de um Palio – com placas NRL- 8751 – de uso restrito em serviço.

“Vou elaborar um requerimento e enviá-lo ao poder executivo solicitando informações sobre isso. Temos que a apurar os fatos e quero escutar o outro lado”, ressalta.

Cazuza explica que a Câmara dos Vereadores tem a função, além de legislar, de fiscalizar a Prefeitura. “Isso é o nosso papel, temos que indagar. Eu recebi essa denúncia na semana passada, já estava sabendo. Me falaram que não foi a primeira vez que a secretária usa o carro da SAS”, diz.

Além de ser fotografada no estacionamento de um hipermercado, à noite, com o Palio, a secretária foi vista usando o mesmo carro para ir a uma agência bancária em Campo Grande.

Outro lado

Embora as imagens confirmem o flagrante, a assessoria de imprensa da SAS declarou que Belini estava fazendo compras emergenciais para abastecer o Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante) e o Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua). Desta forma, a SAS sinalizou que estava faltando comida nestas unidades, assim, as compras teriam sido feitas às pressas e à noite.

Já quanto ao uso para ir a uma agência bancária, a resposta da SAS afirma que o serviço bancário da secretaria é feito pessoalmente por Janete, não dispondo, assim, de um servidor específico para isso.

A Prefeitura de Campo Grande foi procurada pela equipe de reportagem do Jornal Midiamax a fim de dar posição oficial sobre o caso. De acordo com a assessoria de imprensa, a Prefeitura prometeu se manifestar, mas até o fechamento deste texto não houve retorno.

Jornal Midiamax