Política / Transparência

Concurso é investigado por favorecer parentes do prefeito de Rochedo

A empresa vencedora para a prestação deste serviço foi o Idagem

Diego Alves Publicado em 18/04/2015, às 00h10

None
images.jpg

A empresa vencedora para a prestação deste serviço foi o Idagem

Depois de concurso público de Rochedo ter sido denunciado no MPE (Ministério Público Estadual) por supostamente favorecer parentes do prefeito João Cordeiro (PMDB), a Prefeitura de Rochedo resolveu se pronunciar sobre o assunto.

Em nota de esclarecimento divulgada nesta sexta-feira (17), a Prefeitura se isentou de qualquer responsabilidade sobre o concurso e jogou a culpa na empresa que venceu a licitação. Confira a nota na íntegra abaixo.

Diante de algumas matérias jornalísticas publicadas nos últimos dias por setores da imprensa sul-mato-grossense, a Prefeitura de Rochedo, vem a público esclarecer alguns pontos relacionados ao concurso para ingresso na carreira pública municipal:

Que a Prefeitura de Rochedo usou de suas atribuições legais para a realização do mesmo, passando por processo licitatório para a contratação de uma empresa, que ficou responsável por elaborar, organizar, realizar e desenvolver os métodos das provas.

Que, portanto, está isenta de qualquer responsabilidade na condução, aplicação e resultado do concurso;

A empresa vencedora para a prestação deste serviço foi o Idagem (Instituto de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Gestão Municipal).

Em relação aos parentes: o prefeito João Cordeiro (PMDB) afirma veementemente que não tem, absolutamente, nada a declarar, mas, adianta que todos que participaram, tinham de estar preparados e com condições de realizar a prova, o que não passa pelo crivo do gestor, nem pela Prefeitura de Rochedo. Afirma, também, que o concurso foi aberto a todos, sem distinção de cor, credo religioso, parentesco ou algo que venha causar constrangimento.

Jornal Midiamax