Política / Transparência

Campo Grande é a 13ª Capital no ranking de transparência, aponta CGU

No ranking geral Campo Grande foi a 29º colocada

Ludyney Moura Publicado em 15/05/2015, às 18h19

None
cgu.jpeg

No ranking geral Campo Grande foi a 29º colocada

O relatório divulgado nesta sexta-feira (15) pela CGU (Controladoria-Geral da União), feito pela EBT (Escala Brasil Transparente) – metodologia usada pelo órgão para medir a transparência pública nos Estados e municípios – coloca Campo Grande na 13ª colocação entre as capitais brasileiras.

Com uma população estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), a Capital sul-mato-grossense recebeu nota 6,81, logo atrás de Natal (RN), com 7,64 e à frente de Salvador (BA), com 6,67.

Das oito cidades avaliadas em Mato Grosso do Sul, Campo Grande é a que recebeu melhor nota. Terenos ficou logo atrás com 6,11, Pedro Gomes recebeu 4,03 e Inocência 2,50. Os outros municípios, Camapuã, Sonora, Costa Rica, Fátima do Sul e Miranda tiraram zero em transparência pública.

Campo Grande é o 29º no ranking geral do levantamento. No total, a CGU avaliou 492 municípios com até 50 mil habitantes, incluindo as 26 capitais e o Distrito Federal.

De acordo com a Controladoria, a avaliação levou conta a regulamentação da Lei de Acesso à Informação e a efetiva existência e atuação do SIC (Serviço de Informação ao Cidadão).

Dos 10 itens pontuados no levantamento, a Capital Morena não dispôs de dois deles, as previsões para autoridades classificarem informações quanto ao grau de sigilo e para responsabilização do servidor em caso de negativa da informação.

Já com relação ao prazo de respostas e ao conteúdo desta em conformidade com a solicitação, a Prefeitura de Campo Grande atendeu ‘parcialmente’, segundo avaliação da CGU. 

Confira o ranking aqui

Jornal Midiamax