Política / Transparência

Assembleia designa servidores para comissão organizadora do concurso

ALMS deve abrir 200 vagas em 2016

Evelin Cáceres Publicado em 27/10/2015, às 13h03

None
alms.jpg

ALMS deve abrir 200 vagas em 2016

A ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) publicou nesta terça-feira (27) a designação de cinco servidores para compor a comissão organizadora do primeiro concurso público da Casa, que deve abrir 200 vagas em 2016.

Osni Moreira de Souza é o presidenet da comissão, seguido dos membros Roberto Carlos da Silva, Evelyse Ferreira Cruz Oyadomari, Dalva Regina de Araujo e Cleone Alves Ferreira.

As indicações foram assinadas pelo presidente Junior Mochi (PMDB), Zé Teixeira (DEM) e Cabo Almi (PT), 1º e 2º secretários, respectivamente. Prometido em outubro de 2014, ainda na presidência do ex-deputado Jerson Domingos (PMDB), o certame e a posse acontecem no ano que vem.

De acordo com detalhamento do plano de cargo e carreira, aprovado em 2011, devem ser abertas vagas para odontólogo, advogado, relações públicas, biblioteconomista, contador, entre outros. Mesmo não definido ainda, o presidente afirmou anteriormente que seriam abertas vagas para nível médio e superior completo.

Aposentadoria incentivada

Para abrir o concurso, Mochi apresentou, no início do ano, o PAI (Programa de Aposentadoria Incentivada), que teve o objetivo de aposentar servidores da Casa, com remuneração por seis meses, para que as vagas ficassem disponíveis para o concurso. O programa foi concluído no fim do primeiro semestre, com 100% dos servidores que se enquadravam nos requisitos do programa aposentados.

Jornal Midiamax