Política / Transparência

Agentes da PF saem com malote da casa do empreiteiro João Amorim

Operação investiga esquema de desvio de verbas públicas

Midiamax Publicado em 09/07/2015, às 15h07

None
_mg_7916.jpg

Operação investiga esquema de desvio de verbas públicas

Agentes da Polícia Federal saíram carregando um malote da casa do empreiteiro João Amorim, em área nobre de Campo Grande, no fim da manhã desta quinta-feira (9). Os federais estavam desde as primeiras horas na residência do empresário, alvo da Operação Lama Asfáltica, que segundo a corporação investiga esquema de desvio de dinheiro público por meio de fraudes em licitações.

Ao todo, sete pessoas deixaram a casa de João Amorim por volta das 11h30. Ninguém quis falar sobre o cumprimento de ordem judicial no imóvel.

Em nota, mais cedo, a PF avisou que as investigações sobre o suposto esquema começaram em 2013. A mesma fonte disse que “a organização criminosa atua no ramo de pavimentação de rodovias, construção de vias públicas, coleta de lixo e limpeza urbana, entre outros”.

A Operação Lama Asfáltica envolve, além da PF, a CGU (Controladoria-Geral da União), MPF (Ministério Público Federal) e Receita Federal. Visa desarticular organização criminosa especializada em desviar recursos públicos, inclusive federais, por meio de fraudes a licitações, contratos administrativos e superfaturamento em obras públicas.

Jornal Midiamax