Política / Pimenta

Mãos à obra

Diante da indecisão do secretário de Governo, Eduardo Riedel, em assumir a secretaria de Obras para pavimentar sua pré-candidatura ao governo, o mandachuva do tucanato regional, Sérgio De Paula, trabalha como ‘opção’ a recondução de Marcelo Migliolli ao posto. Migliolli ocupou o cargo de secretário de Obras desde o início do governo Reinaldo até abril […]

Diretoria Publicado em 29/01/2021, às 06h00 - Atualizado às 07h21

None

Diante da indecisão do secretário de Governo, Eduardo Riedel, em assumir a secretaria de Obras para pavimentar sua pré-candidatura ao governo, o mandachuva do tucanato regional, Sérgio De Paula, trabalha como ‘opção’ a recondução de Marcelo Migliolli ao posto. Migliolli ocupou o cargo de secretário de Obras desde o início do governo Reinaldo até abril de 2018, quando se desincompatibilizou para concorrer ao senado. Após a derrota, ‘embrabeceu’. Sequer teria cumprimentado Reinaldo por sua reeleição em razão, dizem,  de atribuir sua derrota ao senado à falta de empenho do governador. Em 2020, disputou a prefeitura de Campo Grande, negando que sua candidatura fosse estratégia do PSDB para ‘atirar’ em Marquinhos.  Pode até ter sido voo próprio, mas como se vê não estava tão distante dos tucanos, pois mal assimilou sua pífia votação e, pelas mãos de De Paula,  já conversou com o governador antes de sua excelência sair de férias. De Paula é ligeiro, nem parece tucano!

Jornal Midiamax