Política / Pimenta

Sai da mesa, volta pra mesa…

'Sai da mesa' foi cancelado e acordos municipais que envolviam vaga cobiçada de MS voltam à estaca zero porque alvo de jaguané é perigoso.

Da Redação Publicado em 31/07/2020, às 09h46 - Atualizado às 09h51

None
Aliado que levaria golpe dos pretensos amigos está com chefe em rolo grave e deve ser poupado na 'dança das cadeiras' em MS (Reprodução Web)

“Sai da mesa… Volta pra mesa…” Já estava tudo pronto para excluir aliado de mesa cobiçadíssima e abrir espaço para novos acordos em Mato Grosso do Sul, mas o caldo entornou.

Após o agravamento da situação jurídica de chefe, grupo está sendo obrigado a reavaliar até que ponto vale a pena efetivar o ‘jaguané’ planejado e correr riscos.

O fato é que, como está junto no imbróglio, alvo da manobra excludente poderia reagir de forma grave no decorrer de ação penal.

Assim, cheio de informação, bastaria um depoimento desalinhado para complicar situação que já não é boa.

Com a situação, conversas que já estavam adiantadas devem voltar à estaca zero e acordos costurados passaram a ser vistos com descrédito pelos envolvidos.

Ou seja, cenário das eleições municipais de 2020 em MS ainda deve mudar muito…

Sai da mesa e… fala com o Midiamax!

Está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas.

Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook. Desta forma, flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax