Política / Justiça

Fraternidade na construção da Justiça é abordada por Cury no Congresso Estadual do MP

O procurador de Justiça aposentado do Ministério Público de São Paulo, Munir Cury, é um dos convidados para o Congresso Estadual do Ministério Público nesta quinta-feira (1°) em Campo Grande, no Novotel. O tema do painel da Infância e Juventude é o “Direito e a fraternidade na construção da Justiça”, com os debatedores a procuradora […]

Arquivo Publicado em 01/12/2011, às 20h17

None
O procurador de Justiça aposentado do Ministério Público de São Paulo, Munir Cury, é um dos convidados para o Congresso Estadual do Ministério Público nesta quinta-feira (1°) em Campo Grande, no Novotel. O tema do painel da Infância e Juventude é o “Direito e a fraternidade na construção da Justiça”, com os debatedores a procuradora de Justiça Ariadne Cantú e Promotor de Justiça Sérgio Harfouche.
Para Munir Cury, o painel tem uma exposição de caráter humanitário da profissão. “A base do Direito é a existência de vínculos maiores entre os seres humanos. É preciso existir a efetiva fraternidade na distribuição de Justiça e relembrar conceitos. Parar, nem que seja por dois dias, para refletir, fazer um balanço da situação e tirar conclusões para aprimorara a nossa atuação”, diz.
A procuradora de Justiça Ariadne Cantú ressalta a sensibilidade de Munir Cury, que é um dos membros da comissão redatora do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). “O doutor transitou pelas diversas áreas das questões da infância. A palestra dele nos provoca silêncios respiradores para a reflexão profunda sobre o assunto, que nos faz melhorar para quem paga o nosso salário, que é o povo”, conclui.
O encontro vai até amanhã (2) e aborda temas como  a sustentabilidade institucional, o Direito ambiental, a segurança jurídica do sistema cooperativo de crédito brasileiro; os aspectos práticos e polêmicos da Lei de Improbidade Administrativa e o papel do Conselho Nacional do Ministério Público.
Jornal Midiamax