Política

Pedro Chaves diz que está de saída do Republicanos e avalia candidatura à Câmara Federal

PSDB, PSD e PSL são possíveis legendas, afirmou o ex-senador

Mayara Bueno Publicado em 02/08/2021, às 11h01 - Atualizado às 11h29

Pedro Chaves (no meio), com o governador Reinaldo Azambuja, à esquerda da foto, e o secretário de Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, à direita.
Pedro Chaves (no meio), com o governador Reinaldo Azambuja, à esquerda da foto, e o secretário de Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, à direita. - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

Ex-senador de Mato Grosso do Sul, Pedro Chaves diz que está de malas prontas para deixar o Republicanos. A intenção é disputar vaga de deputado federal nas eleições 2022.

PSDB, PSD e até PSL são possíveis destinos, uma vez que, segundo o ex-parlamentar, há convites para ingresso nas siglas. "Mas estou aguardando aquele que atende as nossas aspirações, ideologicamente mais identificado com a gente".

Apesar de não apontar preferência, Pedro Chaves afirma é 'bem alinhado' com o governador Reinaldo Azambuja. "É uma pessoa extremamente acessível, tenho conversado bastante com ele com o governo, não só em Campo Grande, como em Brasília". Nesta segunda-feira (2), participou ao lado do governador de inauguração de escola cívico-militar, no Jardim Anache.

Em 2018, o ex-senador desistiu da candidatura à reeleição por discordar de termos da aliança do seu partido com o PDT, legenda que, na ocasião, lançou Odilon de Oliveira como candidato ao Governo do Estado. Chaves acabou apoiando a reeleição de Azambuja.

Jornal Midiamax