Política

Nas redes, Bolsonaro compartilha discurso do presidente do TJMS durante posse

O presidente da República, Jair Bolsonaro, compartilhou trecho em vídeo do discurso de posse do novo presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Carlos Eduardo Contar. Em publicação na rede social Twitter, Bolsonaro destaca a necessidade de retomada da economia mesmo diante da falta de sinais claros de arrefecimento da […]

Adriel Mattos Publicado em 25/01/2021, às 10h40 - Atualizado às 17h40

Desembargadores Carlos Eduardo Contar (Presidente), Sideni Soncini Pimentel (Vice-presidente) e Luiz Tadeu Barbosa Silva (Corregedor-Geral de Justiça) (Foto: Divulgação)
Desembargadores Carlos Eduardo Contar (Presidente), Sideni Soncini Pimentel (Vice-presidente) e Luiz Tadeu Barbosa Silva (Corregedor-Geral de Justiça) (Foto: Divulgação) - Desembargadores Carlos Eduardo Contar (Presidente), Sideni Soncini Pimentel (Vice-presidente) e Luiz Tadeu Barbosa Silva (Corregedor-Geral de Justiça) (Foto: Divulgação)

O presidente da República, Jair Bolsonaro, compartilhou trecho em vídeo do discurso de posse do novo presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Carlos Eduardo Contar. Em publicação na rede social Twitter, Bolsonaro destaca a necessidade de retomada da economia mesmo diante da falta de sinais claros de arrefecimento da pandemia.

Contar defendeu o retorno ao trabalho no Judiciário, seguindo medidas de biossegurança, a exemplo do vem fazendo a iniciativa privada. O desembargador reconheceu que a sociedade vive “tempos estranhos”.

Voltemos nossas forças ao retorno ao trabalho, deixemos de viver conduzidos como rebanho para o matadouro daqueles que veneram a morte, que propagandeiam o quanto pior melhor, desprezemos pois o irresponsável, o covarde e picareta da ocasião que afirma ‘fiquem em casa’, ‘não procurem socorro médico com sintomas leves’, ‘não sobrecarreguem o sistema de saúde’. É, paciência senhores, os tempos realmente são estranhos. Mostremos nós trabalhadores do serviço público responsabilidade com os deveres e obrigações com aqueles que representamos, e por isto mesmo, retornemos com segurança, pondo fim à esquizofrenia e palhaçada midiática fúnebre, honrando nossos salários e nossas obrigações, assim como fazem os trabalhadores da iniciativa privada, que precisam laborar para sobreviver e não vivem às custas da viúva estatal com salários garantidos no fim de cada mês.

O presidente da República divulgou ainda a íntegra do discurso (clique aqui para conferir). Contar destacou a necessidade de melhorar a segurança do trabalho e o controle de qualidade aos servidores do Judiciário. Além disso, também comentou sobre o prolongamento do teletrabalho em função da pandemia da covid-19, que fez reduzir os índices de produtividade da corte.

O novo presidente da corte disse ainda que pretende mandar novamente um projeto de lei à Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul) para alterar as taxas cartorárias, cuja discussão já foi travada duas vezes na Casa de Leis, e também em enviar uma nova lei de custas, que não são atualizadas há muitos anos.

Assumiram também os desembargadores Sideni Soncini Pimentel (vice-presidente) e Luiz Tadeu Barbosa Silva (corregedor-geral de Justiça). Os novos integrantes da administração 2021/2022 foram escolhidos na sessão do Tribunal Pleno do dia 21 de outubro de 2020.

Jornal Midiamax