Política

Dourados acaba com toque de recolher, mas mantém biossegurança

Novas medidas foram adotadas pelo prefeito Alan Guedes (PP) e já estão em vigor na maior cidade do interior de MS

Marcos Morandi Publicado em 07/10/2021, às 06h11 - Atualizado às 06h11

Fim do toque de recolher não acaba com medidas de biossegurança
Fim do toque de recolher não acaba com medidas de biossegurança - Leandro Silva

Um decreto assinado pelo prefeito Alan Guedes (PP) extinguiu o toque de recolher em Dourados, maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul. Entretanto, algumas regras de biossegurança continuam mantidas em todos os estabelecimentos.

Entre as exigências que devem ser seguidas na cidade estão o uso obrigatório de máscaras, uso de álcool gel a 70%, aferição de temperatura corporal, controle de fluxo e manutenção do distanciamento social. 

As novas medidas já entraram em vigor nesta quarta-feira (6) e também acabam com a “lei seca”, que proibia a venda de bebidas alcoólicas. Atualmente, a comercialização era permitida somente até às 23h. Os eventos que estão liberados para 300 pessoas vacinadas com as duas doses, também deverão ser ampliados.

“Vamos manter o foco na vacinação contra a Covid-19 para atingirmos todas as metas de imunização, e apesar dessas liberações, ficam obrigatórias e mantidas as regras de biossegurança”, disse o prefeito de Dourados.

Jornal Midiamax