Política

Com covid, vereador douradense diz fazer 'tratamento domiciliar' com hidroxicloroquina

Sérgio Nogueira (PSDB) afirmou que também está tomando outros remédios prescritos por uma médica

Marcos Morandi Publicado em 21/06/2021, às 07h37

Tucano é o relator da CPI que investiga gastos com pandemia pela gestão passada
Tucano é o relator da CPI que investiga gastos com pandemia pela gestão passada - Valdenir Rodrigues

Diagnosticado na última terça-feira (15) com coronavírus, o vereador Sérgio Nogueira (PSDB), de 56 anos, que é relator da CPI da Covid-19 (Comissão Parlamentar de Inquérito), que investiga gatos da gestão passada com a pandemia em Dourados,  segue em tratamento domiciliar com uso de medicamentos, entre eles a hidroxicloroquina.

Em nota divulgada neste domingo (20), o tucano relatou que estava se sentindo muito bem, “sem febre, sem dores, sem tosse, sem coriza e também paladar, olfato e apetites, se alimentado bem”, ressaltando que a mulher e os filhos estavam todos sem sintomas.

“Estou tomando os remédios prescritos pela médica que me atendeu na terça-feira (dexametazona, Levofloxacino) e também complementos de vitamina C, D e Zinco, sucos de frutas e água ao máximo que eu consigo! (Inclui a Azitromicina, Hidroxicloroquina e Ivermectina).

Jornal Midiamax