Política

Com covid-19, Murilo assume o governo de home office enquanto Reinaldo tira férias

Vice-governador está sem sintomas, mas vai despachar de casa para cumprir quarentena. Reinaldo Azambuja só volta das férias em fevereiro.

Jones Mário Publicado em 21/01/2021, às 13h36 - Atualizado em 22/01/2021, às 11h19

Murilo Zauith e Reinaldo Azambuja (Foto: Alexssandro Loyola/Divulgação)
Murilo Zauith e Reinaldo Azambuja (Foto: Alexssandro Loyola/Divulgação) - Murilo Zauith e Reinaldo Azambuja (Foto: Alexssandro Loyola/Divulgação)

Murilo Zauith (DEM) assume o governo do Estado por uma semana, a partir de segunda-feira (25), enquanto Reinaldo Azambuja (PSDB) sai de férias. O vice vai despachar de casa, já que testou positivo para covid-19.

Zauith substitui Reinaldo até o próximo dia 29, segundo ele. Na prática, Azambuja só volta ao cargo no dia 1º de fevereiro, uma segunda-feira.

O vice-governador confirmou que, embora positivo, está assintomático para a doença. Portanto, ele vai cumprir quarentena e trabalhar em regime de home office.

A reportagem acionou a assessoria de comunicação do governo, que confirmou as informações.

As últimas férias de Reinaldo foram no início de novembro passado, em meio à reta final das eleições municipais de 2020. Na ocasião, ele oficiou a Assembleia Legislativa para comunicar que sairia de licença e poderia até mesmo deixar o País.

Há um ano, em janeiro do ano passado, o governador tirou folga para ir pescar com amigos na Argentina. Daquela vez, o tucano não avisou os deputados de pronto, como regra a Constituição Estadual, o que causou uma série de controvérsias. Reinaldo inclusive seguiu assinando atos publicados no Diário Oficial do Estado durante o período em que esteve a pelo menos mil quilômetros do Parque dos Poderes.

*texto alterado às 16h20 para acréscimo de resposta da assessoria de comunicação do governo.

Jornal Midiamax