Política

Após Cosems pedir vacina da Janssen para MS, campanha ganhou força em Brasília e nas redes

Três milhões de doses da Janssen podem vacinar toda a população do Estado em 5 dias

Mayara Bueno Publicado em 10/06/2021, às 08h39 - Atualizado às 08h40

None
Pedido partiu do Conselho de Secretários de Saúde de MS

Depois que o Cosems (Conselho de Secretários de Saúde Municipais de Mato Grosso do Sul) enviou ofício ao Ministério da Saúde pedindo a disponibilização da vacina Jassen para imunizar toda a população do Estado, diversos políticos começaram campanhas em suas redes sociais divulgando a campanha como forma de pressionar o governo federal.

Em nota, o conselho agradeceu a todos que abraçaram a causa. "Que junto com o conselho estão empenhados no pleito. Vamos torcer para que a solicitação seja atendida". A justificativa para tal pedido é que a primeira remessa da vacina Jansen que virá ao Brasil deve ser aplicada até 27 de junho e Mato Grosso do Sul é o primeiro no Brasil em vacinação, tanto da 1ª quanto da 2ª dose. Além disso, o documento relata a situação crítica que MS vive, com falta de leitos e aumento exponencial de casos desde janeiro.

Vereadora de Campo Grande, Camila Jara (PT) levantou campanha em suas redes sociais na tarde de quarta-feira, para mobilizar os deputados federais e senadores que representam o Estado em Brasília. Com a hastag #vacinageralms, a vereadora apontou as contas dos parlamentares, para que a população os pressionem em relação ao pleito. A mobilização, inclusive, está entre os principais assuntos comentados no Twitter.

Marcio Fernandes, deputado estadual do MDB, disse na noite de quarta-feira (9) que apresentará, na sessão desta quinta-feira (10), um ofício pedindo ao Ministério da Saúde as doses da Jansen. "Já provamos na prática que temos logística necessária para colocar no braço de todos os sul- mato-grossense antes do prazo de vencimento dela".

A deputada federal Rose Modesto (PSDB-MS) também manifestou apoio ao pedido do Consems e afirmou que foi ao Ministério da Saúde, ainda ontem. "Os hospitais estão lotados, não há leitos, pessoas estão morrendo. Precisamos da vacina e vamos trabalhar para leva-la para o Mato Grosso do Sul o quanto antes".

Fábio Trad, deputado federal pelo PSD, disse em suas redes sociais que toda a bancada federal de MS está pressionando o ministério, 'para que sensibilize com a situaçao pandêmica'. A logísitica de distribuição foi um dos motivos também citado por ele. "Basta vir a vacina, se ela vier, nós conseguiremos vacinar 100% da população. Se conseguimos vacinar rapidamente, por que correr o risco de fazer com que a vacina perca a validade".

O senador Nelson Trad Filho (PSD-MS) entrou na discussão pelo repasse total do lote de 3 milhões da vacina da Janssen contra a Covid-19 a Mato Grosso do Sul. Em discurso no Senado Federal na quarta-feira (9), ele defendeu que o Estado tem todas as condições de aplicar o imunizante, que chega na próxima semana e vence em 27 de junho.

“O Estado é sempre o primeiro ou o segundo no ranking de vacinação. Temos toda a logística que garante a aplicação sem perder essas vacinas”, reforçou o parlamentar ao Jornal Midiamax.

Jornal Midiamax