Política

Amarildo Cruz assume cadeira de Cabo Almi na Alems na próxima terça-feira

Cruz disse que vai honrar cargo deixado pelo amigo, Cabo Almi

Renata Volpe Publicado em 26/05/2021, às 08h32

Amarildo Cruz assume cargo na Alems na próxima semana
Amarildo Cruz assume cargo na Alems na próxima semana - Victor Chileno, Arquivo

Fui pego de surpresa. Essa é a fala de Amarildo Cruz (PT), suplente de Cabo Almi (PT) morto na última segunda-feira (24) vítima de Covid-19. Cruz assume a cadeira na Alems, na próxima terça-feira, 1º de junho.

Amarildo Cruz afirmou à reportagem do Jornal Midiamax que recebeu uma ligação do presidente da Casa de Leis, Paulo Corrêa (PSDB), para assumir o posto na terça-feira que vem.

Questionado se deve manter a equipe do deputado Cabo Almi trabalhando no gabinete, Cruz disse não ter pensado nisso ainda. "Ninguém está com cabeça para isso. Sou funcionário público de carreira, concursado, preciso deixar meu trabalho, organizar o que eu vinha tocando para assumir o cargo. Ainda não pensei em nada, tem minha equipe também”.

Segundo Cruz, ele não queria que as coisas fossem desse jeito. “Eu já estava pensando em me candidatar para as próximas eleições. Ninguém quer que as coisas sejam dessa maneira, algo inimaginável”.

Amarildo Cruz já teve três mandatos como deputado estadual. Nas eleições de 2018, recebeu 15.919 conforme informações do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) e ficou como suplente de Almi. “Fui pego de surpresa por uma situação dessa. Não é a forma como eu gostaria de assumir. Almi era meu amigo, parceiro de caminhada, homem do bem,  isso é muito triste, é difícil”.

Por fim, o político diz que irá honrar o cargo deixado por Cabo Almi. “Ao mesmo tempo, preciso encarar e essa é uma forma de homenageá-lo. Pegar o mandato e tocar nossas convicções, nossas bandeira da melhor forma que eu possa fazer”.

Jornal Midiamax