Política

Uma semana após derrota em Dourados, Reinaldo exonera da Seinfra nomeados ligados a Murilo

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), exonerou três aliados do vice-governador e titular da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), Murilo Zauith (DEM). Os decretos foram publicados na edição desta sexta-feira (20) do DOE (Diário Oficial Eletrônico). Sebastião de Almeida Filho, conhecido como Tião, era quem recebia as demandas de prefeitos […]

Adriel Mattos Publicado em 20/11/2020, às 10h49 - Atualizado às 11h13

Murilo ao lado de Tião, na cerimônia de posse dele e de Reinaldo em 2018 (Foto: Divulgação)
Murilo ao lado de Tião, na cerimônia de posse dele e de Reinaldo em 2018 (Foto: Divulgação) - Murilo ao lado de Tião, na cerimônia de posse dele e de Reinaldo em 2018 (Foto: Divulgação)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), exonerou três aliados do vice-governador e titular da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), Murilo Zauith (DEM). Os decretos foram publicados na edição desta sexta-feira (20) do DOE (Diário Oficial Eletrônico).

Sebastião de Almeida Filho, conhecido como Tião, era quem recebia as demandas de prefeitos e vereadores na pasta. Era considerado um dos “braços-direitos” do vice-governador.

Já Gamaliel de Oliveira Jurumenha era um dos coordenadores da equipe técnica responsável pelas obras do Centro de Pesquisas e Reabilitação da Ictiofauna Pantaneira, o Aquário do Pantanal.

E José Jorge Filho, o Zito, foi secretário municipal de Governo na gestão de Murilo na prefeitura de Dourados. Era também um dos braços-direitos do democrata.

Candidato do governo, o deputado estadual Barbosinha (DEM) teve apoio do PSDB, que indicou o ex-deputado Valdenir Machado como vice na chapa. Ambos foram derrotados pelo vereador Alan Guedes (PP), por uma diferença de 2,5% do percentual de votos válidos.

Jornal Midiamax