Política

PSD elege maior bancada na Câmara de Campo Grande e PSDB derrete; veja cadeiras por partido

Partido do prefeito reeleito Marquinhos Trad (PSD) terá maioria na Câmara Municipal de Campo Grande, com cinco cadeiras.

Jones Mário Publicado em 15/11/2020, às 23h32 - Atualizado em 16/11/2020, às 10h11

Vereadores eleitos para o quadriênio 2021-2024 em Campo Grande (Fotos: Reprodução, TSE | Arte: Deyvid Guimarães).
Vereadores eleitos para o quadriênio 2021-2024 em Campo Grande (Fotos: Reprodução, TSE | Arte: Deyvid Guimarães). - Vereadores eleitos para o quadriênio 2021-2024 em Campo Grande (Fotos: Reprodução, TSE | Arte: Deyvid Guimarães).

O PSD terá maioria na Câmara de Vereadores de Campo Grande no quadriênio 2021-2024. A sigla do prefeito reeleito Marquinhos Trad (PSD) elegeu cinco vereadores. Por outro lado, outras cinco legendas abocanharam apenas uma cadeira cada.

Com a eleição de Tiago Vargas, Valdir Gomes, Otávio Trad, Beto Avelar e Junior Coringa, o PSD manteve cinco vereadores na Casa de Leis.

Outro partido que manteve o mesmo número de representantes foi o MDB, com Dr. Jamal, Dr. Loester e Dharleng Campos.

Por outro lado, a bancada do PSDB derreteu. Os tucanos, que hoje têm, oito cadeiras, terão só três a partir de 2021 – João César Mattogrosso, Professor Juari e João Rocha.

De zero atualmente, o Podemos passará para três representantes no quadriênio 2021-2024. São eles: Zé da Farmácia, Clodoilson Pires e Ronilço Guerreiro.

Outro que vai estrear na Câmara é o Patriota, com Dr. Sandro Benites e Edu Miranda.

Democratas (Silvio Pitu e Professor Riverton), Republicanos (Betinho e Gilmar da Cruz) e PT (Camila Jara e Ayrton Araújo) terão duas cadeiras cada.

Já PDT (Marcos Tabosa), PP (Doutor Victor Rocha), PSL (Coronel Alírio Vilassanti), Rede (Prof. André), Solidariedade (Papy), PSB (Carlão) e PTB (William Maksoud) ficam com um representante cada.

A Câmara de Vereadores de Campo Grande tem 29 cadeiras.

Jornal Midiamax