Política

Na convenção, PSL ‘troca’ Siqueira e lança deputado Trutis candidato a prefeito de Campo Grande

Após votação fechada durante convenção partidária e rumores de briga interna, o PSL de Campo Grande definiu o deputado federal Loester Trutis como candidato do partido a prefeito da Capital. Até então, o vereador Vinícius Siqueira, que ingressou no PSL durante a janela partidária deste ano, era o pré-candidato. Horas antes da convenção deste domingo […]

Mayara Bueno Publicado em 13/09/2020, às 17h12 - Atualizado em 14/09/2020, às 09h19

Loester Trutis, presidente municipal do PSL e deputado federal. (Foto: Marcos Ermínio/Reprodução Live/Arquivo).
Loester Trutis, presidente municipal do PSL e deputado federal. (Foto: Marcos Ermínio/Reprodução Live/Arquivo). - Loester Trutis, presidente municipal do PSL e deputado federal. (Foto: Marcos Ermínio/Reprodução Live/Arquivo).

Após votação fechada durante convenção partidária e rumores de briga interna, o PSL de Campo Grande definiu o deputado federal Loester Trutis como candidato do partido a prefeito da Capital. Até então, o vereador Vinícius Siqueira, que ingressou no PSL durante a janela partidária deste ano, era o pré-candidato.

Horas antes da convenção deste domingo (13), os bastidores já davam como certa a substituição de Siqueira por Trutis, que alega estar melhor nas pesquisas internas. Indagado sobre o assunto, o vereador disse apenas que colocaria seu nome à disposição do partido, durante  a convenção, o que foi feito.

Após apresentação de cada um dos pré-candidatos a vereador pelo PSL, Trutis deu espaço para Siqueira falar. Em seguida, afirmou que a legenda “trabalha na hipótese de números” e, em um “primeiro julgamento”, havia definição que o melhor nome seria o do parlamentar municipal.

“Mas, como vocês podem ver, existem convenções e prévias, onde muitos são escolhidos no dia. Eu me coloco à disposição, de acordo com um desejo nacional e dos deputados”. Disse, ainda, que não é falta de mérito de Vinícius Siqueira, mas baseado em “pesquisas e com quem realmente conseguiria estar no segundo turbo e derrotar a velha política”.

Depois de pelo menos 20 minutos, a executiva anunciou que, “por unanimidade”, a escolha foi por Loester Trutis – a votação foi fechada. Ao ler a lista de candidatos a vereador do PSL, o nome de Siqueira também não constava. A reportagem tenta contato com o vereador para saber os próximos rumos.

Candidata a vice

A convenção também apresentou Lilian Durães como pré-candidata a vice-prefeita. Ainda durante a convenção, Vinícius, que iniciou uma live para transmitir a convenção, disse ao vivo, enquanto Lilian se apresentava, que nunca ouviu falar do nome dela, portanto, não poderia comentar sobre a escolha. Agora candidata a vice-prefeita, ela se apresentou como publicitária e corretora de imóveis. Casada, três filhos, ela tem 38 anos.

Histórico

Rusgas internas e trocas de nomes não são novidades no PSL. O deputado estadual Coronel David, hoje sem partido, era um dos que pretendia disputar a prefeitura pelo PSL. Mas, em relação já desgastada com a cúpula, acabou saindo do partido.

Mais votado entre os deputados, Capitão Contar era tido como postulante entre os integrantes da legenda. Contudo, acabou sendo substituído por Vinícius Siqueira.

O parlamentar municipal afirmava que só aceitaria disputar no lugar de Contar, se a decisão fosse unânime. O que também não foi realidade, segundo apurado pela reportagem. A troca teria sido anunciada sem consulta de Contar.

*Matéria alterada às 21h14 para acréscimo de informação.

Jornal Midiamax