Política

Juiz nega recurso e candidato à prefeitura de Campo Grande e vice seguem indeferidos

Candidatos pelo PCO (Partido da Causa Operária), Thiago Assad e Carlos Martins Júnior, que concorriam para prefeito e vice, respectivamente, tiveram seus recursos negados em juízo. Com isso, seguem com as candidaturas indeferidas e impedidos de participar das eleições. Decisão do juiz Roberto Ferreira Filho, 44ª Zona Eleitoral do TRE-MS (Tribunal Eleitoral de Mato Grosso […]

Fábio Oruê Publicado em 27/10/2020, às 18h05 - Atualizado às 18h23

Thiago Assad e Carlos Martins Júnior (Foto: Divulgação)
Thiago Assad e Carlos Martins Júnior (Foto: Divulgação) - Thiago Assad e Carlos Martins Júnior (Foto: Divulgação)

Candidatos pelo PCO (Partido da Causa Operária), Thiago Assad e Carlos Martins Júnior, que concorriam para prefeito e vice, respectivamente, tiveram seus recursos negados em juízo. Com isso, seguem com as candidaturas indeferidas e impedidos de participar das eleições.

Decisão do juiz Roberto Ferreira Filho, 44ª Zona Eleitoral do TRE-MS (Tribunal Eleitoral de Mato Grosso do Sul), diz que “as argumentações trazidas pelo requerente não tem o condão de revisão da decisão e não foram trazidos aos autos situação nova”.

Os candidatos pediram embargos declaratórios para a revisão do indeferimento, mas o magistrado julgou que “a decisão embargada não merece reforma, pois não foi demostrado que contém erro, omissão, contradição ou obscuridade”.

Em Campo Grande, 13 candidatos já tiveram suas candidaturas deferidas para disputar a prefeitura: Cris Duarte (PSOL), Dagoberto (PDT), Delegada Sidnéia Tobias (PODE), Esacheu Nascimento (PP), Guto Scarpanti (NOVO), João Henrique (PL), Marcelo Bluma (PV), Marcelo Miglioli (Solidariedade), Marcio Fernandes (MDB), Marquinhos Trad (PSD), Paulo Matos (PSC), Pedro Kemp (PT) e Vinicius Siqueira (PSL).

Jornal Midiamax