Política

Horas antes de definir candidato em Campo Grande, PSL vive clima de golpe e guerra interna

Com a convenção marcada para este domingo (13), o PSL de Campo Grande vive clima de indefinição e briga interna. Até então, o pré-candidato do partido para concorrer nas eleições 2020 é o vereador Vinícius Siqueira. Contudo, o presidente municipal do PSL, deputado federal Loester Trutis, teria dito que seu nome estaria melhor em pesquisas […]

Mayara Bueno Publicado em 13/09/2020, às 09h44 - Atualizado às 17h31

Vereador Vinicius Siqueira (PSL). (Foto: Reprodução/Live Câmara Municipal/Arquivo).
Vereador Vinicius Siqueira (PSL). (Foto: Reprodução/Live Câmara Municipal/Arquivo). - Vereador Vinicius Siqueira (PSL). (Foto: Reprodução/Live Câmara Municipal/Arquivo).

Com a convenção marcada para este domingo (13), o PSL de Campo Grande vive clima de indefinição e briga interna. Até então, o pré-candidato do partido para concorrer nas eleições 2020 é o vereador Vinícius Siqueira. Contudo, o presidente municipal do PSL, deputado federal Loester Trutis, teria dito que seu nome estaria melhor em pesquisas para concorrer ao Paço Municipal.

A reportagem apurou que situação semelhante ocorreu quando o deputado estadual Renan Contar foi substituído por Siqueira, como pré-candidato da legenda. No início do ano, quando indagado sobre possibilidade de sair candidato, o vereador afirmou que a situação só ocorreria com a concordância de todos do PSL.  No entanto, ainda de acordo com a apuração, o deputado estadual não teria sido consultado.

Hoje, o vereador não negou que há conflitos internos, dizendo apenas que pedirá a vaga de candidato a prefeito, durante a convenção. “Deixarei a executiva decidir”. Indagado sobre se, em eventual troca de nome para concorrer à Prefeitura, o plano será tentar reeleição, o parlamentar não bateu o martelo e, ainda, admitiu a possibilidade de deixar o PSL.

“Se fosse em outros tempos, diria que minha candidatura foi vendida por R$ 5 milhões, mas sei que nos dias atuais isso não acontece no Estado”, disse Siqueira. Presidente do partido em Mato Grosso do Sul, a senadora Soraya Thronicke discorda da possível retirada de candidatura de Vinicius Siqueira, segundo o próprio.

O Jornal Midiamax procurou Trutis, mas não obteve resposta, e aguarda posicionamento. A convenção do partido, momento em que se confirmam candidaturas da majoritária e de vereadores, será às 13h30 deste domingo.

Jornal Midiamax