Política

Deputados repudiam vídeo fake de crianças jogando bola com cabeça de Bolsonaro

Um vídeo fake de crianças jogando bola com a imagem da cabeça do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) teve repercussão entre os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul que repudiaram a montagem, dizendo ser desrespeito à democracia. Herculano Borges (SD) comentou sobre o vídeo e nas imagens, crianças aparecem tirando a bola […]

Renata Volpe Publicado em 17/09/2020, às 10h40

Deputados durante sessão desta quinta-feira (17). (Reprodução)
Deputados durante sessão desta quinta-feira (17). (Reprodução) - Deputados durante sessão desta quinta-feira (17). (Reprodução)

Um vídeo fake de crianças jogando bola com a imagem da cabeça do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) teve repercussão entre os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul que repudiaram a montagem, dizendo ser desrespeito à democracia.

Herculano Borges (SD) comentou sobre o vídeo e nas imagens, crianças aparecem tirando a bola de um saco e a montagem mostra que a bola é a cabeça do presidente.

Borges considerou um desrespeito com o presidente eleito democraticamente. “Dia 15 de setembro foi dia internacional da democracia e me deparei com esse vídeo. Me sinto incomodado quando vejo isso”.

O parlamentar falou que esse tipo de situação acontece em rebeliões de presídios. “Isso acontece nos presídios, quando há rebeliões. Não entendo como uma pessoa tem tempo para elaborar um vídeo como esse”.

Herculano criticou a imprensa e disse não ter repercussão sobre o assunto. “Imagino se fosse com alguém da esquerda que tivesse a cabeça cortada e um vídeo rolando nas redes sociais. A imprensa e a polícia estaria toda mobilizada para investigar o ocorrido”.

Por fim, Borges disse que por ser um presidente do lado conservador e de direita, ninguém comenta sobre o assunto. “Fica meu repúdio com a situação”.

Cabo Almi (PT) disse não concordar com a situação, mesmo sendo filiado a um partido de esquerda. “Isso é um absurdo com qualquer pessoa, não podemos concordar com uma atitude dessa. Mas quero crer, que Herculano não se esqueceu dos ataques que Dilma (Rousseff) sofreu antes do impeachment, assim como o presidente Lula”.

O petista finalizou dizendo que essa é uma ação que envergonha o país. “Nem de direita e nem de esquerda concordamos com esse comportamento. É um absurdo e falta de respeito”.

Identificados

Coronel David (sem partido) amigo de Bolsonaro se manifestou dizendo que os autores do vídeo já foram identificados. “É o grupo coletivo artístico e ativista em declínio. O grupo entende que Bolsonaro atua como ditador”.

David afirmou ainda que se tal ação tivesse partido da direita, a Globo, CNN e outros jornais, estariam fazendo duras críticas ao presidente. “Com certeza a culpa seria do presidente. A imprensa é parcial, é contra o presidente que conta apenas e tão somente e graças a Deus com o povo brasileiro”.

Jornal Midiamax