Política

Deodápolis tem primeira candidatura a prefeito deferida pela Justiça Eleitoral

Município de Deodápolis, distante 263 quilômetros de Campo Grande, tem o primeiro candidato a prefeito autorizado pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Conhecido como Robson da Sorveteria, Robson Hevercio Moura, candidato pelo MDB, é o primeiro nome analisado pela Justiça. A cidade conta com mais dois candidatos, entre eles o atual […]

Carolina Rocha Publicado em 19/10/2020, às 16h30 - Atualizado às 16h45

Candidato a prefeito e vice de Deodápolis. (Foto: Reprodução)
Candidato a prefeito e vice de Deodápolis. (Foto: Reprodução) - Candidato a prefeito e vice de Deodápolis. (Foto: Reprodução)

Município de Deodápolis, distante 263 quilômetros de Campo Grande, tem o primeiro candidato a prefeito autorizado pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Conhecido como Robson da Sorveteria, Robson Hevercio Moura, candidato pelo MDB, é o primeiro nome analisado pela Justiça.

A cidade conta com mais dois candidatos, entre eles o atual prefeito, Valdir Sartor Gaúcho, que disputa a reeleição pelo partido DEM. Além dele, Marcio Teles, do PSDB, também está na corrida à prefeitura de Deodápolis. Os dois ainda aguardam o julgamento da candidatura na Justiça Eleitoral.

A publicação do deferimento da candidatura de Robson da sorveteira (PSDB) está no Mural Eletrônico desta segunda-feira (19) e foi assinado pelo Juiz da 39ª Zona Eleitoral, Mario Cesar Mansano.

Jornal Midiamax