Política

Prefeitura de Campo Grande pode reduzir salários de comissionados para evitar demissões, admite Prefeito

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), afirmou nesta terça-feira (14) que o município poderá reduzir cortar gastos com comissionados como forma de garantir a manutenção dos empregos, durante a pandemia de coronavírus (Covid-19). “Existe sim [possibilidade de readequação] até porque houve redução da receita da prefeitura em torno de 40% a 50% e […]

Mayara Bueno Publicado em 14/04/2020, às 12h37 - Atualizado em 14/07/2020, às 16h29

Prefeito Marquinhos Trad (PSD). (Marcos Ermínio, Midiamax, Arquivo).
Prefeito Marquinhos Trad (PSD). (Marcos Ermínio, Midiamax, Arquivo). - Prefeito Marquinhos Trad (PSD). (Marcos Ermínio, Midiamax, Arquivo).

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), afirmou nesta terça-feira (14) que o município poderá reduzir cortar gastos com comissionados como forma de garantir a manutenção dos empregos, durante a pandemia de coronavírus (Covid-19).

“Existe sim [possibilidade de readequação] até porque houve redução da receita da prefeitura em torno de 40% a 50% e é necessário nos readequarmos como todos estão fazendo”. Contudo, não há prazo para definição da  medida e quais setores serão abrangidos.

Marquinhos afirmou que a intenção é manter todos os funcionários públicos, mas cortar onde for possível.
Análise ‘geral e justa’ sobre a readequação passa pelos cargos em comissão, gratificações, dedicações exclusivas, convocações.
“Não vou buscar o caminho da demissão, eu vou fazer de tudo para que nenhum funcionário seja demitido”.
Jornal Midiamax