Política

Com ministra e senadores, Prefeitura assina convênio para obras no Jardim Centenário

Nesta quarta-feira (10), a Prefeitura de Campo Grande deve assinar o termo de autorização de obras com a Caixa Econômica Federal.

Dândara Genelhú Publicado em 10/06/2020, às 13h58 - Atualizado em 07/07/2020, às 21h28

Foto: (Divulgação)
Foto: (Divulgação) - Foto: (Divulgação)

Nesta quarta-feira (10), a Prefeitura de Campo Grande deve assinar convênio com a Caixa Econômica Federal para obras no Jardim Centenário. A convite do prefeito Marquinhos Trad (PSD), devem participar da agenda a ministra Tereza Cristina (DEM), a senadora Simone Tebet (MDB) e o senador Nelsinho Trad (PSD).

Em transmissão ao vivo, o prefeito anunciou que o termo deve ser assinado às 14h. “Ontem as obras do Jardim Centenário e construção de novas pontes de concreto foram autorizadas pela Caixa Econômica Federal”.

De acordo com as informações de Marquinhos, o recurso é de emendas da Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste). No Jardim Centenário será realizada pavimentação de 4,8 km, com investimento de R$ 5,5 milhões.

As obras acontecerão na região do Anhanduizinho, nas ruas Itabarito, Xanxere, Baliza, Caxiuana, Limão, Barra da Corda, José da Silva, Regeneração, Seis de Outubro,Granada, Ribeirão das Naves, Morro do Chapéu e Moçambique. Para recapeamento de 9,9 km da avenida Duque de Caxias até a avenida Solon Padilha será investido R$ 9.886.531,01.

E para as pontes de concreto, que serão construídas na zona rural de Campo Grande, foi feito investimento de R$ 4,4 milhões. As emendas foram apresentadas pelos senadores, a da Duque de Caxias por Nelsinho Trad e a do Jardim Centenário e pontes por Simone Tebet.

Jornal Midiamax