Política

Vereador de Ladário tem mandato cassado por compra de votos

O vereador Eurípedes Zaurizio de Jesus (PTB), de Ladário – a 427 km de Campo Grande -, foi cassado pela Justiça Eleitoral por compra de votos nas eleições municipais de 2016. As informações são do Diário Corumbaense. O político foi eleito com o maior número de votos na época. De acordo com o jornal, o […]

Daiany Albuquerque Publicado em 26/03/2019, às 18h57 - Atualizado em 27/03/2019, às 13h36

Saiba quem são os vereadores eleitos em Ladário. (Foto: Arquivo)
Saiba quem são os vereadores eleitos em Ladário. (Foto: Arquivo) - Saiba quem são os vereadores eleitos em Ladário. (Foto: Arquivo)
Vereador de Ladário tem mandato cassado por compra de votos
Câmara de Ladário possui apenas três vereadores que começaram mandato em 2016

O vereador Eurípedes Zaurizio de Jesus (PTB), de Ladário – a 427 km de Campo Grande -, foi cassado pela Justiça Eleitoral por compra de votos nas eleições municipais de 2016. As informações são do Diário Corumbaense. O político foi eleito com o maior número de votos na época.

De acordo com o jornal, o presidente da Câmara dos Vereadores da cidade, Daniel Benzi (MDB) foi informado do fato na sexta-feira (22), após decisão do juiz eleitoral Maurício Cleber Miglioranzi Santos, que determinou a perda do mandato ao parlamentar e deu prazo de cinco dias para que fossem tomadas providências.

Na sessão ordinária da Câmara de Ladário desta segunda-feira (25) o suplente de Eurípedes, Rodolfo Bonifácio da Costa Ramos (PTB), tomou posse do cargo.

O ex-vereador já havia sido preso em 2017, durante a Operação Anatocismus, deflagrada pela Polícia Federal em janeiro. Durante investigações sobre esquema de agiotagem que explorava pessoas de baixa renda, a polícia afirmou que identificou Eurípedes como sendo o comandante do esquema.

O mesmo ainda pode acontecer com outros sete vereadores, que são acusados de crimes de associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva. Dos 11 vereadores de Ladário, ainda segundo o Diário Corumbaense, oito são suplentes.

Além disso, o prefeito de Ladário, Carlos Ruso (PSDB), está afastado do cargo após ser preso na Operação Terra Branca I, deflagrada em novembro de 2018.

Jornal Midiamax