Política

Senadora pede CPI para investigar política de preços da Petrobras

Vanessa Grazziotin diz que pedido já teve 29 assinaturas

Joaquim Padilha Publicado em 30/05/2018, às 12h12

None

A líder do PCdoB no Senado, Vanessa Grazziotin, senadora eleita pelo Amazonas, protocolou um pedido de abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) nesta quarta-feira (30) para investigar a política de preços praticada pela Petrobras.

O pedido ocorre em meio à greve dos caminhoneiros, que já chega ao seu décimo dia, e também à recém deflagrada greve dos petroleiros. Ambas as categorias reivindicam redução dos preços dos combustíveis.

Segundo Grazziotin, desde 2016 a estatal estaria deixando de atender ao interesse nacional. “A política em curso de desinvestimento da Petrobras não atende ao interesse nacional. A empresa está sendo desintegrada com o plano de negócios”, diz o documento.

Deputados da base do governo também teriam apoiado à abertura da CPI, segundo a Agência Reuters. O pedido já está com a mesa diretora do Senado, mas agora deve ser lido em plenário.

Para que seja criada uma CPI no Senado, são necessárias pelo menos 27 assinaturas, o equivalente a um terço do número de senadoras. Segundo a assessoria de Grazziotin, pelo menos 29 pessoas já assinaram o documento.

Jornal Midiamax