Política

PTB desiste de indicar Cristiane Brasil para Ministério do Trabalho

Partido estaria pensando em outros nomes para indicação

Joaquim Padilha Publicado em 20/02/2018, às 12h30

None

Partido estaria pensando em outros nomes para indicação

O PTB desistiu de indicar o nome da filha do presidente do partido, a deputada Cristiane Brasil, para o cargo de ministra do Trabalho. A informação é da coluna painel da Folha de S. Paulo desta terça-feira (20).

Ainda segundo a coluna, em substituição à filha de Roberto Jefferson (PTB), o partido estaria cogitando outros nomes de deputados, como Sérgio Moraes e Jorge Core Leal, além do ex-senador Wilson Santiago.

Na última quarta-feira (14), a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, decidiu manter sua decisão que suspendeu a posse de Cristiane no Ministério do Trabalho. A decisão seria definida por fim no plenário do Supremo.

Entretanto, têm crescido conversas nos bastidores do Palácio do Planalto, segundo jornais nacionais, que defendem a desistência da posse de Cristiane e a indicação de outro nome, por parte do PTB, para o posto de ministro.PTB desiste de indicar Cristiane Brasil para Ministério do Trabalho

Para a equipe do presidente Michel Temer (MDB), que nomeou Cristiane no dia 3 de janeiro, o nome da deputada estaria pesando negativamente no Planalto. A filha de Roberto Jefferson enfrenta ações trabalhistas e acusações de associação com o tráfico de drogas.

Jornal Midiamax