Política

‘Me considero politicamente vitorioso’: afirma Odilon após derrota nas urnas

O candidato do PDT ao governo de Mato Grosso do Sul, Juiz Odilon, reconheceu a derrota nas urnas para o adversário, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), e falou sobre a falta de recursos na campanha. “Me considero politicamente vitorioso”, afirmou Odilon, que destacou que fez uma campanha ‘sem recurso e sem estrutura’. O pedetista destacou […]

Ludyney Moura Publicado em 28/10/2018, às 18h35 - Atualizado às 19h31

(Foto: Maisse Cunha)
(Foto: Maisse Cunha) - (Foto: Maisse Cunha)

O candidato do PDT ao governo de Mato Grosso do Sul, Juiz Odilon, reconheceu a derrota nas urnas para o adversário, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), e falou sobre a falta de recursos na campanha.

“Me considero politicamente vitorioso”, afirmou Odilon, que destacou que fez uma campanha ‘sem recurso e sem estrutura’.

O pedetista destacou que apesar de ter recebido adesão e apoio político no 2º turno, como do MDB, fez sua campanha ‘praticamente sozinho’, sem dinheiro inclusive para bancar viagens para o interior do Estado.

“Tive que enfrentar o peso da máquina pública”, lamentou o juiz federal aposentado.

Para o candidato derrotado do PDT, após a divulgação do resultado oficial das eleições será preciso fazer uma reflexão de sua situação política. Odilon lembrou que tem apenas seis meses de vida política, e mesmo assim a diferença entre ele e Reinaldo foi de cerca de 60 mil votos, apenas.

Odilon afirmou ainda que é preciso aguardar o rumo do cenário político do país, com eleição de Jair Bolsonaro (PSL), e que vai anunciar seu futuro em breve.

Jornal Midiamax