Política

Cotada para presidir Senado, Simone espera que Moro tenha ‘olhar especial nas fronteiras’

Cotada para assumir a presidência do Senado Federal no ano que vem, Simone Tebet (MDB), analisou a escolha do juiz federal Sergio Moro para assumir superministério de Jair Bolsonaro (PSL). Ao Jornal Midiamax, a senadora afirmou que “competência e coragem” não faltam ao juiz que será ministro da Justiça e Segurança, em fusão de duas […]

Aliny Mary Dias Publicado em 01/11/2018, às 15h50 - Atualizado em 02/11/2018, às 09h48

None
Cotada para presidir Senado, Simone espera que Moro tenha 'olhar especial nas fronteiras'
Foto: Agência Senado

Cotada para assumir a presidência do Senado Federal no ano que vem, Simone Tebet (MDB), analisou a escolha do juiz federal Sergio Moro para assumir superministério de Jair Bolsonaro (PSL).

Ao Jornal Midiamax, a senadora afirmou que “competência e coragem” não faltam ao juiz que será ministro da Justiça e Segurança, em fusão de duas pastas.

“Desejo sucesso a Sérgio Moro no comando do Ministério da Justiça, e um olhar especial para nossas fronteiras, em especial a de MS, por onde passam grande parte do tráfico de drogas e armas”, afirmou a senadora.

Moro ministro

Moro é o juiz responsável pela Operação Lava Jato, maior investigação de corrupção já feita no Brasil. A aproximação de Bolsonaro com o juiz foi feita pelo economista Paulo Guedes, ainda durante a campanha eleitoral. O encontro com Guedes teria ocorrido antes da votação em segundo turno.

Em nota, Moro afirmou que “fiz com certo pesar pois terei que abandonar 22 anos de magistratura. No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito a Constituição, a lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão”, disse.

Jornal Midiamax