Política

Convenção do PSD será no dia 4 de agosto, mesma data de PSDB e MDB

Mesmo com alianças, pessedistas terão evento próprio no diretório em Campo Grande

Richelieu Pereira Publicado em 18/07/2018, às 13h22 - Atualizado às 14h50

Prioridade na atuação dos grupos será reeleição do prefeito Marquinhos Trad, aponta Lacerda. (Arquivo)
Prioridade na atuação dos grupos será reeleição do prefeito Marquinhos Trad, aponta Lacerda. (Arquivo) - Prioridade na atuação dos grupos será reeleição do prefeito Marquinhos Trad, aponta Lacerda. (Arquivo)

Convenção do PSD será no dia 4 de agosto, mesma data de PSDB e MDB

Dia 4 de agosto será movimentado na política sul-mato-grossense. Com convenção do PSDB e MDB já marcadas para esta data, o PSD decidiu entrar no páreo e também fará o evento no mesmo dia. O partido vai seguir orientação do presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab, que fez a solicitação ao prefeito Marquinhos Trad.

“O Kassab me ligou e pediu apenas que fizesse a convenção no dia 4 de agosto. Vamos fazer em diretória à parte”, disse Marquinhos durante agenda pública nesta quarta-feira (18).

O presidente regional do partido, Antônio Lacerda, confirmou a informação e complementou dizendo que será às 10h, no diretório da pessedista em Campo Grande. “Vai ser só nosso, mesmo se tiver [coligação] nós vamos fazer a nossa convenção”, destacou Lacerda.

O dirigente diz que ainda conversa com possíveis aliados, mas não há ainda uma definição, pois espera a conclusão da nacional. No entanto, afirma que “se fecharem lá [em Brasília], não é automático que fecharemos por aqui”, mas que será conversado com Kassab e “de certa forma acatar o posicionamento dele”.

Rivais ou aliados

Dia 4 de agosto, um sábado, é a véspera da data limite para a realização das convenções partidárias para definição de candidaturas nas chapas proporcionais e majoritárias. O registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve ser feito até 15 do mesmo mês.

Com início no dia 20 de julho, as convenções em Mato Grosso do Sul serão realizadas nos extremos do prazo: a do PDT, do pré-candidato Odilon Oliveira, no dia 21 de julho. Inicialmente seria a mesma data do MDB, que chegou a ser anunciada, mas foi modificada.

A convenção emedebista, que deve oficializar a 3ª candidatura de André Puccinelli ao governo estadual, será no próximo dia 4, a partir das 8h, na Associação Nipo Brasileira, na saída para Três Lagoas. O evento acontece um dia depois da convenção nacional do partido, marcada para o dia dois de agosto.

A do PSDB será na sede do diretório tucano em Campo Grande, localizado também na saída para Três Lagoas.

Jornal Midiamax