Política

Tribunal aumenta condenação de ex-ministro José Dirceu para 30 anos

Ex-tesoureiro do PT, Vaccari foi inocentado

Joaquim Padilha Publicado em 26/09/2017, às 14h00

None

Ex-tesoureiro do PT, Vaccari foi inocentado

O TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que assume os casos da Lava-Jato na segunda-instância, aumentou a condenação do ex-ministro José Dirceu (PT) para 30 anos e 9 meses, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O julgamento foi concluído nesta segunda-feira (26). Dirceu tinha sido condenado pelo juiz Sergio Moro a 20 anos e dez meses de prisão em primeira instância, e tinha deixado a prisão em maio por decisão do STF (Supremo Tribunal Federal).

Dirceu ainda possui outra condenação, de 11 anos e 3 meses de prisão, expedida por Moro, e é alvo de uma denúncia no MPF (Ministério Público Federal), até o momento não homologada pelo juiz. Todos os processos são oriundos da Lava-Jato.Tribunal aumenta condenação de ex-ministro José Dirceu para 30 anos

No julgamento, ainda foram mantidas as sentenças contra o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, e o ex-vice-presidente da Engevix, Gerson de Mello Almada. O ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, foi absolvido por falta de provas.

Jornal Midiamax