Política

Ministério Público investiga nepotismo cruzado entre a Prefeitura e a Câmara de Deodápolis

Assessoria do prefeito diz que ele não tem nenhum parente contratado pela Câmara.

Midiamax Publicado em 05/06/2017, às 13h54

None

Assessoria do prefeito diz que ele não tem nenhum parente contratado pela Câmara.

O Ministério Público Estadual está investigando uma denúncia de prática de nepotismo cruzado envolvendo o prefeito municipal e o presidente da Câmara de Vereadores de Deodápolis.

A denuncia será investigada pelo Ministério Público que deve apurar os fatos e caso haja ilicitude punir os responsáveis.

DIÁRIAS

O presidente da Câmara de Deodápolis Marcio Telles está respondendo um inquérito no Ministério Público por ter autorizado a liberação de R$ 40.078,80 em viárias para oito vereadores que já estão na estrada para participar em Brasília da Marcha Nacional dos Vereadores organizada pela União de Vereadores do Brasil (UVB).

Cada vereador recebeu a quantia de R$ 4.453,20 para bancar despesas de quatro diárias na capital federal.

Jornal Midiamax