Política

Com aporte de R$ 64 milhões, aeroporto de Dourados terá pouso de Boeing

Primeira parcela do dinheiro será destina no dia 20 de dezembro

Ludyney Moura Publicado em 25/11/2017, às 18h12

None

Primeira parcela do dinheiro será destina no dia 20 de dezembro

O aeroporto da maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul deve receber o aporte da União de cerca de R$ 64 milhões, o que vai permitir que aviões de grande porte, como Boeing 737-800, pousem em Dourados.

O deputado federal Geraldo Resende (PSDB) revelou que se reuniu com o ministro dos Transportes, Maurício Quintela (PR), que prometeu empenhar R$ 6 milhões já na próxima segunda-feira (27) para garantir o início das obras, que deve acontecer até o próximo dia 20 de dezembro.Com aporte de R$ 64 milhões, aeroporto de Dourados terá pouso de Boeing

“A ampliação e modernização do aeroporto de Dourados é uma luta que amplos setores da sociedade douradense vêm defendendo há quase sete anos, principalmente a classe empresarial e setores produtivos”, frisou o parlamentar.

O próprio Quintella deve ir a Dourados no dia 20 de dezembro assinar o TED (Termo de Execução Descentralizada) entre o ministério dos Transportes e o Exército Brasileiro, que vai executar o projeto de ampliação do aeroporto local.

Resende revelou que ouviu do ministro que o projeto já tem de melhorias do aeroporto já está encaminhado. Já estão concluídos o Anteprojeto do Lado Ar (sistema de pista de pouso e decolagem, taxiway e pátio de aeronaves) e o Anteprojeto Lado Terra (edificações), e também, no que tange ao Licenciamento Ambiental, já foram emitidas as Licenças Prévia e de instalação.

De acordo com os levantamentos já feitos, a ampliação do aeroporto douradense demandará recursos de R$ 48 milhões para obras de infraestrutura sob responsabilidade do Exército Brasileiro, por meio de convênio TED e mais R$ 16 milhões para a Prefeitura de Dourados construir o terminal.

“Desde 2011, tenho me debruçado sobre a reforma completa do aeroporto. À medida que são vencidas etapas de todo o processo, fiscalizo a próxima tramitação para a execução do investimento. Quando a obra for iniciada, o trabalho vai continua para não haver paralizações”, finalizou Geraldo. 

De acordo com a assessoria do tucano, o projeto de ampliação do aeroporto de Dourados prevê um terminal de passageiros com 1.215 metros quadrados, prolongamento da pista por mais 175 metros, já que atualmente ela é de 1.950 metros, como também o alargamento para 45 metros.

Jornal Midiamax