Política

VÍDEO: circuito interno registra tumulto que suspendeu sessão na Câmara

Vídeo tem dois minutos 

Clayton Neves Publicado em 06/05/2016, às 21h23

None
02_17.jpg

Vídeo tem dois minutos 

Imagens do circuito interno de segurança da Câmara Municipal de Campo Grande, mostram com detalhes, confusão envolvendo supostos servidores da Prefeitura e o jornalista e radialista Élcio Pinheiro, na quinta-feira (5).

No vídeo de dois minutos é possível ver um homem de camiseta roxa indo em direção ao jornalista, de camiseta cinza. Ambos estão na parte da frente do auditório, ao lado do espaço reservado aos vereadores. Segundos depois, Élcio empurra o homem que tenta revidar.

Iniciada a confusão, uma mulher aparece nas imagens e tenta acerta o radialista com um objeto, possivelmente uma bolsa. Por causa da desordem e tentativas de agressões, algumas pessoas entram na briga, na tentativa de separar os envolvidos, porém sem sucesso.

Nos segundos que seguem, uma verdadeira confusão é registrada. Élcio e o suposto servidor municipal trocam socos e muitas pessoas entram na discussão. No fim, o homem saiu do local com o nariz sangrando e disse que iria registrar Boletim de Ocorrência.

Em entrevista, Élcio Pinheiro afirmou que tentava apartar a briga iniciada no fim da sessão, depois que apoiadores do prefeito Alcides Bernal (PP) foram ao local impetrar uma representação contra o vereador Roberto Durães (PSC) e acabaram discutindo durante o discurso de Marcos Tabosa, presidente do Sisem (Sindicato dos Servidores e Funcionários Municipais de Campo Grande) pedindo reajuste. 

Entramos em contato com a prefeitura para saber se alguma medida de punição será tomada em relação ao servidor municipal, porém, até o fechamento desta matéria não tivemos resposta.

Veja o vídeo AQUI.

Jornal Midiamax